Compartilhar:

Qual o significado de ‘atentar’ neste verso? Seria pregar, anunciar o evangelho? Não! O significado é compreender, entender, perscrutar, olhar para dentro, examinar, etc. O apóstolo Pedro estava demonstrando aos cristãos que a graça que lhes foi concedida é tão grandiosa que os profetas queriam saber o que seria tal graça. Que este mistério era tão grandioso que até os anjos desconheciam e desejaram compreender (atentar).


É quase um consenso a ideia que se propaga no meio evangélico, de que os anjos desejaram pregar o evangelho.

Tal ideia deriva de uma má leitura do verso 12, do capítulo 1 da primeira epístola do apóstolo Pedro que, por sua vez, induz a uma má interpretação. Observe:

“Aos quais foi revelado que, não para si mesmos, mas para nós, eles ministravam estas coisas que agora vos foram anunciadas por aqueles que, pelo Espírito Santo enviado do céu, vos pregaram o evangelho; para as quais coisas os anjos desejam bem atentar ( 1Pd 1:12 ).

Para compreender este verso se faz necessário formular algumas perguntas ao texto e contexto do versículo, para depois analisar a questão concernente aos anjos e o evangelho.

Em primeiro lugar, é necessário saber o que foi revelado e a quem foi revelado? O que foi revelado refere-se à graça que foi concedida aos cristãos por estarem em Cristo e, a quem foi revelado, refere-se aos profetas do Antigo Testamento.

A graça que os profetas anunciaram não fora dada a eles, antes aos cristãos, e os profetas queriam saber qual seria o tempo, ou ocasião de tempo em que tais eventos aconteceriam.

Anúncios

E que evento seria este que os profetas anteviram e anunciaram de antemão (pré-ciência) pelo Espírito de Deus? Os sofrimentos de Cristo e a glória que se estabeleceria.

O que os profetas ministravam não pertencia a eles e, a mensagem que anunciaram é a mesma que os apóstolos de Cristo estavam anunciando aos homens: o evangelho, as boas novas do reino.

Os apóstolos são descritos como mensageiros de Deus que apregoavam o evangelho comissionados pelo Espírito de Deus.

E o que os apóstolos anunciavam? A mesma mensagem (coisas) que foram anunciadas pelos profetas.

  • Aos quais – profetas ( 1Pd 1:10 );
  • Foi revelado que – Sofrimento de Cristo e a glória que havia de seguir;
  • Não para si mesmos – A mensagem da profecia não era para os profetas e nem para o povo de Israel;
  • Mas para nós – A mensagem tinha em vista os cristãos;
  • Eles ministravam – Os profetas;
  • Estas coisas que agora vos foram anunciadas – A mensagem dos profetas e apóstolos;
  • Por aqueles que – Diz dos apóstolos;
  • Pelo Espírito Santo enviado do céu – O autor da mensagem;
  • Vos pregaram o evangelho – Os apóstolos
  • Para as quais coisas – Que coisas?
  • Os anjos desejam bem atentar – O que os anjos desejaram?

 

“Aos quais foi revelado que, não para si mesmos, mas para nós, eles ministravam estas coisas que agora vos foram anunciadas por aqueles que, pelo Espírito Santo enviado do céu, vos pregaram o evangelho; para as quais coisas os anjos desejam bem atentar” ( 1Pd 1:12 ).

Lendo o versículo novamente, o erro ocorre quando se relaciona as coisas que os anjos desejaram com a palavra evangelho, devido à proximidade entre as frases no versículo.

Porém, se o leitor for atento, perceberá que ‘as quais coisas’ que os anjos desejaram refere-se as coisas que os profetas indagavam ao ministrar.

Anúncios

“Aos quais foi revelado que, não para si mesmos, mas para nós, eles ministravam estas coisas que agora vos foram anunciadas por aqueles que, pelo Espírito Santo enviado do céu, vos pregaram o evangelho; para as quais coisas os anjos desejam bem atentar” ( 1Pd 1:12 ).

Os anjos estavam interessados nas mesmas coisas que os profetas, ou seja, como seria a salvação dos homens, nos tempos, no sofrimento predito e na glória que haveria de seguir tais eventos.

Qual o significado de ‘atentar’ neste verso? Seria pregar, anunciar o evangelho? Não! O significado é compreender, entender, perscrutar, olhar para dentro, examinar, etc.

O apóstolo Pedro estava demonstrando aos cristãos que a graça que lhes foi concedida é tão grandiosa que os profetas queriam saber o que seria tal graça. Que este mistério era tão grandioso que até os anjos desconheciam e desejaram compreender (atentar).

O apóstolo Pedro não prossegue a carta destacando o anseio dos anjos, porém, o apóstolo Paulo esclarece os cristãos em Êfeso:

“A mim, o mínimo de todos os santos, me foi dada esta graça de anunciar entre os gentios, por meio do evangelho, as riquezas incompreensíveis de Cristo, e demonstrar a todos qual seja a dispensação do mistério, que desde os séculos esteve oculto em Deus, que tudo criou por meio de Jesus Cristo; Para que agora, pela igreja, a multiforme sabedoria de Deus seja conhecida dos principados e potestades nos céus, segundo o eterno propósito que fez em Cristo Jesus nosso Senhor, no qual temos ousadia e acesso com confiança, pela nossa fé nele” ( Ef 3:8 -12).

Do mesmo modo que o apóstolo Pedro, Paulo demonstra que a graça de anunciar o evangelho foi conferida a ele, um dos apóstolos.

Anúncios

E o que seria anunciar o evangelho? É o mesmo que divulgar as riquezas incompreensíveis de Cristo. É o mesmo que tornar compreensível o que era incompreensível. É demonstrar a quem quer que seja o conteúdo do mistério que estava oculto em Deus, que a tudo criou por intermédio de Cristo.

Como o segredo estava oculto em Deus, nem mesmo os seres angelicais tinham conhecimento do que Deus propusera em si mesmo (eterno propósito que fez em Cristo que a tudo criou).

O apóstolo Paulo estava radiante, visto que, agora, pela igreja, o mistério que encobria a multiforme sabedoria de Deus tornou-se conhecida pelos principados e potestades nos céus. O que eles desejaram atentar (compreender), somente através da igreja puderam compreender.

As coisas que os profetas anunciaram e, que agora estão sendo anunciadas a todos os homens, é o que produz fé nos homens, que após crerem tornam-se um com aquele que criou todas as coisas ( Ef 3:17 ).

Quando os cristãos se tornaram membros do corpo de Cristo, ou seja, a igreja do Deus vivo “Porque somos membros do seu corpo, da sua carne, e dos seus ossos” ( Ef 5:30 ), o mistério foi revelado e puderam compreender (atentar) o que Deus propôs em Cristo: a preeminência d’Ele em todas as coisas.

Anúncios

Anúncios

7 thoughts on “Os anjos desejaram pregar o evangelho?

  • 21/04/2018 em 14:09
    Permalink

    Nossa muito bom essa explicação, pois a muito tempo interpretávamos esse texto errado, mas graças ao meu Senhor agora tenho a compreensão correta d texto sagrado. Deus continue a te abraçar.

    Resposta
    • 02/06/2022 em 11:51
      Permalink

      Bom dia a paz a todos!
      Respeito o seu ponto de vista, mais olhando com os olhos não de interpretação mais de revelação da palavra , vejo da seguinte forma, Como seres angelicais que estão ligados com o próprio DEUS ficão sem entender ou compreender os mistérios de DEUS , acredito SIM que existe anjos que não compreende e não entende , são esses os anjos caidos , porque será que lucifer e a terça parte dos anjos foram expulso do Céu,
      Certamente o Senhor DEUS não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas.

      Amós 3:7
      Se o próprio DEUS revela aos seus profetas que dirá aqueles que estão em sua presença!

      Resposta
      • 08/06/2022 em 09:57
        Permalink

        Olá, Marco.. não sei quais são os olhos de revelação da palavra, mas certo é que Deus manteve segredo dos seus anjos.

        “Para que agora, pela igreja, a multiforme sabedoria de Deus seja conhecida dos principados e potestades nos céus,” (Efésios 3 : 10).

        Somente através da igreja, e no presente momento (agora) os anjos conheceram a multiforme sabedoria de Deus.

        Apesar de Deus anunciar aos seus santos profetas eventos, isso não significa que ele revele todos os eventos, e o que se aplica aos profetas não se aplica aos seres celestiais. Esse posicionamento seria uma interpretação extensiva, ou seja, não se atem ao texto em análise.

        Att.

        Resposta
  • 08/09/2018 em 08:38
    Permalink

    Bom dia!!
    Já pensava assim tb, mas não havia me detido no assunto com mais atenção.
    Excelentes esclarecimentos. Este e tantos outros textos tem sido distorcidos, gerando uma série de confusões, quando não veiculação do Evangelho de forma a comprometer Sua essência.

    Resposta
  • 30/10/2019 em 07:33
    Permalink

    Parabéns irmão Cláudio! Um trabalho desse porte e tamanha seriedade demanda muito esforço e dedicação! O galardão virá do SENHOR, mas o reconhecimento de um coração grato deve proceder de nós mesmos, criaturas finitas!
    O vosso trabalho nunca será vão no Senhor.
    Gostei demais da sequência magistralmente articulada e Muito bem exposta e articulada, de modo a não deixar dúvida na linha de raciocínio!
    Obrigado!

    Resposta
  • 03/01/2020 em 12:45
    Permalink

    É sempre muito bom se dedicar ao que faz, nós que fomos chamados para essa grande obra. Porém é necessário responsabilidade ao falarmos a palavra de Deus. Deus abençoe muitíssimo ao irmão que se coloca como ajudador nessa questão. Obrigado ! Para mim tbm foi uma bênção.

    Resposta
  • 31/03/2020 em 16:45
    Permalink

    Parabens pelo ensino , muito profundo.
    Sempre acompanho seus estudos . É de grande importância .

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content