carta

Eleição e Predestinação

Deus endurece a quem quer?

Unilateralmente, Deus salva a quem quer e condena a quem quer? O apóstolo Paulo estava tratando da salvação da humanidade, ao concluir que Deus endurece a quem quer?

Saiba mais
Gálatas

Gálatas 1 – Os problemas decorrentes de outros evangelhos

O apóstolo Paulo demonstra que entre os Gálatas havia pessoas que causavam inquietação e buscavam “transtornar” a mensagem do evangelho de Cristo.

Saiba mais
Romanos

Romanos 7 – Mortos para a lei

Um só homem pecou e todos pecaram, segue-se que o pecado que subjugou a humanidade não decorre da desobediência à lei.

Saiba mais
Colossenses

Colossenses 1 – Idôneos em Cristo

Deus fez os cristãos idôneos, ou seja, Ele os criou com plena capacidade para serem participantes da herança dos santos. Quando os cristãos creram na mensagem do evangelho, receberam poder para serem feitos filhos de Deus (João 1:12). Ao serem criados, foram criados em verdadeira justiça e santidade (Efésios 4:24). Desta maneira, Deus criou um novo homem (os cristãos) em Cristo. As novas criaturas (os cristãos) vieram à existência com pleno direito à herança guardada nos céus, não necessitando estar sob tutores ou curadores, como era próprio à lei (Gálatas 4:1-2).

Saiba mais
Hebreus

Hebreus 2 – O Criador de todas as coisas

Após a ressurreição, todas as coisas estavam sob o domínio de Jesus. No entanto, os cristãos da época da escrita da carta aos Hebreus ainda não haviam plenamente compreendido isso. O autor da carta aborda essa falta de compreensão como um problema a ser esclarecido. Apesar de não perceberem totalmente que Jesus tinha autoridade sobre tudo, isso não alterava a realidade dos acontecimentos. De fato, é uma verdade incontestável: todas as coisas estão sujeitas a Cristo!

Saiba mais
Hebreus

Hebreus 1 – O testemunho de Deus acerca do seu Filho

Se pudéssemos entrevistar o autor da carta aos Hebreus e lhe perguntássemos: “Quem é Jesus?”, encontraríamos a resposta nos versículos dois a quatro (Hebreus 1:2-4). Da mesma forma, se solicitássemos que ele apresentasse seus argumentos em apoio às suas declarações sobre Jesus, eles estariam detalhadamente descritos nos versículos seis a quatorze (Hebreus 1:6-14).

Saiba mais